OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Pedestres reclamam da falta de acessibilidade nas calçadas de Silvânia.

Uma cidade que não investe em acessibilidade, é uma cidade deficiente.
Estacionamento da UEG Campus Silvânia(exemplo de respeito a acessibilidade).
Foto:Christiano Lobo.
Pedestres reclamam da falta de acessibilidade nas calçadas de Silvânia.
A calçada é uma via pública, destinada ao tráfego de pedestres, apesar de sua construção ser de responsabilidade do proprietário do imóvel que a calçada margeia.
Dentro do perímetro urbano de nossa cidade, é possível perceber a invasão de calçadas devido a construção de imóveis irregulares que avançam sobre os passeios; colocação de mesas e cadeiras; plantio irregular de árvores e similares; material de construção; veículos; entre outras situações.
Estas infrações, além de comprometer a acessibilidade de pedestres que correm risco de serem atropelados por veículos e motocicletas ao descerem das calçadas para contornar os obstáculos, dificultam a acessibilidade de portadores de deficiência física.
Na Avenida Padre Leandro Caliman, e perceptível o avanço irregular de imóveis sobre as calçadas, o que dificultaria futuramente a expansão do tráfego naquela Avenida, haja visto que a mesma é uma via secundária de escoamento do trânsito em detrimento da Avenida Dom Bosco.
Abaixo fotos com alguns exemplos de invasão de calçadas na Avenida Padre Leandro Caliman, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, em Silvânia:

Foto:Christiano Lobo.


Foto:Christiano Lobo.

Foto:Christiano Lobo.


Alinhamento original da calçada na UEG de Silvânia, ao fundo residência que invadiu a calçada.
Foto:Christiano Lobo.


Na foto abaixo, caçamba de entulhos impede trânsito de pedestres em calçada no centro de Silvânia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário