OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Peixes mortos no Rio Vermelho, na altura da ponte da rodovia 139, nesta segunda-feira, 27/10/2015.

Grande quantidade de peixes mortos no leito do
Rio Vermelho.
Foto Christiano Lobo.
Populares entre eles pescadores, acionaram nossa reportagem nesta segunda-feira, 26/10/2015, informando sobre uma grande quantidade de peixes mortos no leito do Rio Vermelho, na altura da ponte sobre a GO-139(cidade/Região do João de Deus), nos deslocamos para o local e comprovamos a veracidade das informações.

Em um remanso do rio, junto a galhos e folhagens submersos foi possível perceber uma grande quantidade de peixes mortos, de diversos tamanhos, os maiores aparentemente com 22 a 25 centímetros, que com certeza representam uma pequena porcentagem do total de peixes mortos.
Desde a criação do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, em 6 de janeiro de 2015, já noticiamos diversas agressões sofridas por este rio e seus afluentes:
*Quem se lembra da embalagens vazias de defensivos agrícolas jogadas no aterro da ponte sobre a GO-437?
*Quem se lembra dos peixes mortos na represa do Santo Antônio?
*Quem se lembra do vazamento de esgoto das elevatórias e da Estação de Tratamento de Esgoto?
Depois da falta de energia elétrica, o esgoto crú é jogado no leito do rio.
*Quem se lembra da grande quantidade de material betuminoso (piche), utilizado para impermeabilização em obras de asfaltamento, que correu das instalações do antigo Atenas Clube, recentemente, entrando em um bueiro responsável por coletar a água das chuvas?
Devido ao fato de algumas residências da cidade não terem rede de esgoto em suas portas, são jogadas água servida e outros tipos de esgoto na rede de água fluvial, que tem como destino os cursos dágua no entorno da cidade, a exemplo do Rio Vermelho.
O Rio Vermelho, está sendo represado entre a altura da ponte de acesso a Região da Serrinha e a Ponte pavimentada da GO-437, saída para Gameleira, onde uma Área de Preservação Permanente está sendo ocupada de forma irregular.
Onde estão os órgãos de fiscalização ambiental?
As agressões ao meio ambiente estão escancaradas e nenhuma atitude efetiva é tomada!
Triste realidade!
Será que as gerações futuras conhecerão a natureza da forma como nós ainda a conhecemos?
Grande quantidade de peixes mortos no leito do Rio Vermelho, próximo a ponte da GO-139.
Foto: Christiano Lobo.

Peixes mortos no leito do Rio Vermelho, próximo a ponte da GO-139.
Foto: Christiano Lobo.


Mancha de óleo próximo a ponte de madeira que dá acesso a Região da Serrinha, imagem captada na manhã desta segunda-feira, 26/10.Trecho do Rio está sendo represado.
Foto: Christiano Lobo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário