OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Imigrante resgatado no mar ganha prêmio em loteria espanhola de Natal.

Senegalês foi resgatado de naufrágio há oito anos e está desempregado. Ele ganhou quase R$ 2 milhões em premiação de mais de € 2 bilhões.
23/12/2015 20h00 - Atualizado em 24/12/2015 10h02
France Presse
Do G1, em São Paulo
Alunos da escola San Ildefonso participam do sorteio dos números da loteria de Natal ‘El Gordo’, no Teatro Real em Madri, na Espanha, na terça (22) (Foto: AFP Photo/Pierre-Philippe Marcou)Alunos da escola San Ildefonso participam do sorteio dos números da loteria de Natal ‘El Gordo’, no Teatro Real em Madri, na Espanha, na terça (22) (Foto: AFP Photo/Pierre-Philippe Marcou)
Após quase perder a vida no mar para chegar à Espanha, o senegalês Ngame ganhou nesta quarta-feira (23) uma pequena fortuna ao levar parte doprêmio "gordo" da loteria de Natal espanhola.
Segundo a agência France Presse, o novo milionário vive em Roquetas de Mar,
localidade turística e agrícola de 92 mil habitantes no sul da Espanha, onde trabalhou como empregado temporário no cultivo de hortaliças.
O prêmio gordo somou 2,2 bilhões de euros este ano e a maioria dos bilhetes premiados foi comprada em Roquetas de Mar. No total, 640 milhões de euros foram para moradores da cidade, que compraram 1.600 bilhetes com o número 79140.
Não posso acreditar, antes não tinha nem cinco euros, disse Ngame (Foto: AP Photo/Javier Alonso)Não posso acreditar, antes não tinha nem cinco euros, disse Ngame (Foto: AP Photo/Javier Alonso)
Ngame foi um deles e receberá 400 mil euros, algo em torno de um milhão e setecentos mil reais. "Não posso acreditar, antes não tinha nem cinco euros", revelou Ngame, 35 anos, que está desempregado no momento.
Ngame "chegou a administração da loteria com sua mulher", revelou à AFP Noelia Lázaro, a jornalista da La Voz de Almería que entrevistou o casal.
Alguns dos ganhadores do primeiro prêmio da loteria de Natal ‘El Gordo’ exibem o número sorteado, 79140, em Villanueva de la Concepción, na terça (22) (Foto: Reuters/Jon Nazca)Alguns dos ganhadores do primeiro prêmio da loteria de Natal ‘El Gordo’ exibem o número sorteado, 79140, em Villanueva de la Concepción, na terça (22) (Foto: Reuters/Jon Nazca)
O imigrante contou ter chegado com a mulher há oito anos à ilha espanhola de Tenerife, no arquipélago das Canárias, após ser resgatado no mar devido ao naufrágio de um barco precário que os espanhóis chamam de "patera".
"Eram 65 pessoas na patera e graças aos espanhóis estamos aqui, eles nos salvaram quando estávamos no mar" após o naufrágio.
Sua vida na Espanha foi dura, com uma série de empregos temporários na agricultura até ficar sem qualquer trabalho.
Para Roquetas de Mar, o sorteio do "gordo" foi uma "verdadeira benção", diante de uma "taxa de desemprego em crescente alta nos últimos anos, produto desta crise, algo em torno de 30%", disse o prefeito José Juan Rodríguez.
Roquetas de Mar integra uma das maiores zonas de cultivos de Europa, conhecida como "mar de plástico" devido às coberturas para proteger as hortaliças no inverno.
Verdadeira tradição de Natal na Espanha, onde amigos, companheiros de trabalho e familiares compram em conjunto o bilhete, o "gordo" é sorteado desde 1812, e nem a Guerra Civil espanhola (1936-1939) conseguiu interromper a tradição, com cada lado fazendo o próprio sorteio.

Fonte: Reprodução/G1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário