OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Meteorologia alerta para risco de alagamentos e deslizamentos em Goiás.


Cidades

Em Goiânia, em 19 dias já choveu 13% a mais do que esperado para todo o mês de janeiro.
Diomício Gomes
Carros na Rua 87, Setor Sul: precipitações mais fortes teriam ocorrido em locais isolados
Por conta do volume de chuva acumulado dos últimos dias, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta nesta terça-feira. O aviso do risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios vale para amanhã, no Norte, Noroeste, Leste e Centro Goiano, e também para o Distrito Federal e Tocantins.

De acordo com o Inmet, a previsão de chuva permanece, com precipitação estimas entre 30 a 60 milímetros por hora (mm/h). Em algumas partes do Estado pode variar de 50 a 100 mm/dia em algumas partes do Estado. 
Em Goiânia, em 19 dias já choveu 13% a mais do que esperado para todo o mês de janeiro. Segundo a chefe da seção de previsão de tempo do Inmet de Goiás, Marna Mesquita, o tempo na capital deve continuar chuvoso.
O grande volume de chuvas em Goiás se deve à influência do El Niño, fenômeno climático causado pelo superaquecimento das águas do Oceano Pacífico. Nenhuma frente fria está atuando sobre o centro do País, mas a umidade vinda da Amazônia está se encontrando com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) , vinda do Nordeste, e a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), aumentando a nebulosidade e as precipitações.
No alerta, o Inmet orienta que, em casos de chuvas torrenciais, moradores coloque os móveis e utensílios em locais altos, desligue aparelhos elétricos e o quadro geral de energia. Quem observar rachaduras nas residências deve procure abrigos municipais. O comunicado também divulga os telefones da Defesa Civil (199) e do Corpo de Bombeiros (193).

Fonte:Reprodução/O Popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário