OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quinta-feira, 21 de abril de 2016

21 de abril.Dia do Policial Militar e dia do Policial Civil.

Homenagem do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, aos guerreiros e guerreiras que honram seu juramento e servem e protegem o cidadão de bem.
Abaixo o desabafo de um Policial, sobre a
realidade no Estado de Goiás, atualmente:

"Em anúncio o Secretário de Segurança Pública informou o envio de Projeto de Lei à Assembleia Legislativa, visando buscar indenização para pagamento de defesa jurídica de integrantes das forças de segurança. Necessário se faz informar que o SINPOL-GO e todas as entidades classistas sérias e comprometidas, que respeitam seus representados e cumprem com os princípios tocantes ao sindicalismo, contam com bancas jurídicas em defesa de seus representados. Mas é preciso, sobretudo ressaltar, que as contendas envolvendo servidores da Segurança Pública, em sua maioria esmagadora, são provenientes de ações ilegais e irregulares perpetradas pelo próprio Estado, quer sejam por gestores mediatos ou imediatos. São as perseguições de delegados de polícia, as retaliações, o assédio moral, o descumprimento de direitos, como o caso de suspensão de reajuste concedido por lei, retirada de promoções, negativas de licença, férias e abono de permanência, impedimento a aposentadorias especiais, exigência de defesa prévia ou pagamento de multas decorrentes da condução de viaturas no exercício da função, situações, enfim, impostas por esse mesmo governo que agora apresenta um projeto de lei que em nada irá acrescentar à valorizaçao dos policiais civis, haja vista que já assimila-se eventuais condicionamentos para a concessão de um benefício, já de alcance da categoria, através das entidades representativas. O que se vê é que para cada ação, o líder da pasta chama a imprensa. Propaganda eleitoreira demasiadamente adiantada. Uma vaidade sem limites e já questionada pelos próprios meios de comunicação, que já vêem como patético o marketing político tão escancarado. Não menos pior são aqueles que enquanto gestores, que deveriam pautar em administrar, preferem a subserviência, o puxa saquinho asqueroso, peculiares dos que trazem consigo interesses pessoais, como a manutenção de cargos e gratificações, contratação comissionada a familiares, enfim, algo surpreendentemente vexatório e emburrecedor. Policial valorizado é aquele que com seu próprio salário faz jus a pagar seu próprio defensor, a se alimentar, a se vestir, a sobreviver. O que o Estado busca é manter o profissional de segurança à sua mercê, dependente, submisso. Muito mais digno seria que o nobre Secretário levasse à votação, projetos que constam de promessas do próprio governo aos policiais goianos. Aos gestores que fique claro, a cada omissão havida por parte dos senhores, que busque ignorar as deficiências de nossas instituições policiais, ampliam-se ainda mais as decepções e as razões para que não sejam respeitados. E um gestor que não conta com a admiração e o respeito de seus liderados, nada mais é que um homem tolerado, suportado e intimamente odiado."

Nenhum comentário:

Postar um comentário