OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Americanos ‘depenam’ carros a diesel da Volks antes de recompra.

Juiz federal alerta proprietários a não tirarem partes dos veículos. Volkswagen recomprará modelos afetados pelo 'dieselgate' nos EUA.
27/12/2016 12h33 - Atualizado em 27/12/2016 12h38
Do G1, em São Paulo
Proprietário tirou tudo o que podia do Golf, antes de devolver à Volkswagen (Foto: Reprodução/Instagram/Joe Mayer)Proprietário tirou tudo o que podia do Golf, antes de devolver à Volks (Foto: Reprodução/Instagram/Joe Mayer)
Um juiz federal dos Estados Unidos alertou proprietários a não “depenarem” os carros da Volkswagen que serão recomprados pela fabricante, após um acordo por causa do escândalo de emissões de poluentes, segundo informações da agência Associated Press.
O aviso foi dado depois que algumas fotos de veículos que foram entregues com partes faltando circularam em redes sociais. Um proprietário chegou até a remover os bancos e airbags, disse um advogado da Volkswagen.

A recompra dos modelos faz parte de um acordo de cerca de US$ 15 bilhões entre a Volkswagen e a Justiça dos EUA, depois que a empresa admitiu usar um dispositivo que engana testes de emissões de poluentes em veículos com motores 2.0 diesel.
Por lá, os proprietários podem escolher entre fazer reparos ou vender os veículos afetados de volta à Volkswagen, além de receber de US$ 5,1 mil a US$ 10 mil como indenização.
O acordo é válido para proprietários de modelos fabricados entre 2009 e 2015, incluindo Beetle, Golf, Jetta e Passat, além de Audi A3.
No Brasil, apenas a picape Amarok foi afetada, mas não há nenhum acordo deste tipo para compensar os proprietários.
Até a semana passada, cerca de 100 mil proprietários haviam aceitado a oferta de recompra da Volkswagen, segundo informou o advogado. O acordo diz apenas que o carro deve ser entregue nas condições normais de rodagem.
Dias antes do aviso do juiz, um proprietário divulgou imagens de um Golf sem portas e bancos, que ele pretendia entregar para a Volkswagen. A empresa adiou a recompra do veículo em questão, embora o dono alegue que ele anda normalmente.
Em nota, a fabricante afirmou que o programa de recompra tem condições específicas que devem ser cumpridas pelas duas partes e que a maioria dos donos de Volkswagen cuidam bem de seus carros e estão devolvendo de forma intacta.
Fonte:Reprodução/G1.globo.com/autoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário