OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, ambas de Silvânia, atendem ocorrência de localização de carga roubada na região do Mocambinho, município de Gameleira de Goiás, nesta quinta-feira, 22/12/2016.


De posse de informações, a Polícia Civil de Silvânia, se deslocou até uma propriedade rural localizada na Região do Mocambinho, no município de Gameleira de Goiás, com o apoio de Policiais militares lotados na 47° CIPM, de Silvânia nas viaturas:
*8935 Gameleira de Goiás, em equipe composta pelo Soldado Ludgerio e Soldado Olímpio;
*8940 em equipe composta pelo Tenente Armando e Cabo Leandro.
Ao notarem a aproximação das viaturas, no alto, e certa distância da sede da
propriedade, um veículo VW/GOL, realizou uma manobra brusca (cavalo de pau) e evadiu do local.No mesmo momento, o motorista de um caminhão baú, também saltou do veículo e se evadiu adentrando um plantação de milho, não sendo localizado pelos Policiais.
No interior de um galpão foi localizada uma carga de produtos lácteos (leite, achocolatados, entre outros e um jet ski novo, ainda embalado, avaliados em aproximadamente seiscentos mil reais.
Do lado de fora do galpão havia um veículo trator (cavalinho responsável por tracionar reboques), com placas de Rubiataba-GO, produto de roubo recentemente na cidade de Pirenópolis.
O proprietário da fazenda e sublocadores do imóvel rural, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Silvânia, onde foram ouvidos e informaram que alugaram pasto para outras duas pessoas, e que há cerca de uma semana solicitaram permissão para descarregar rações para gado no galpão os conduzidos informaram ainda, que desconheciam a procedência da carga, jetski e veículo trator.
Após serem qualificados e ouvidos pelo Delegado de Polícia Civil de Silvânia, Dr.Leonardo Barbosa Sanches, foram liberados.
Mais detalhes sobre o caso, divulgaremos posteriormente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário