OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Rio Piracanjuba agoniza com degradação.

No momento em que importantes rios do Estado de Goiás, como o Paranã e o Meia Ponte, entre outros, estão secando não apenas como resultado do período de seca, mas infelizmente como consequência da mão ambiciosa do homem, impossibilitando a captação e consequente falta de água para abastecimento nas cidades, não menos importantes rios do município de Silvânia, sofrem com a mão ambiciosa humana (Rio Vermelho, Rio dos Patos, Rio Jurubatuba, Rio Piracanjuba).


O Rio Piracanjuba um dos mais preciosos rios que nasce ainda no município de Silvânia, próximo ao DAIANA, na divisa com Anápolis, e corta boa parte do município de Silvânia, agoniza com a exploração desregrada de seus recursos naturais.
Sem ações efetivas para sua defesa o Rio Piracanjuba vêm morrendo aos poucos.

No ano de 2007um projeto de propositura do então vereador Cleto Gonçalves, colocava a bacia do Rio Piracanjuba no município de Silvânia, como área de APP-Preservação Ambiental Permanente, visando futura captação de água potável para o município, proibindo a dragagem e extração de areia e intervenções similares.

O também então vereador Bolivar Fernandes, fez uma emenda ao projeto onde se permitia a dragagem por sete anos, findando em dezembro de 2014, cessando a extração, onde então, a emenda foi aprovada.

Em 2014, o atual prefeito José Faleiro, baixou um Decreto Municipal, que entre outros atos, derrubava o projeto do vereador Cleto Gonçalves, e consequentemente a emenda ao mesmo, do vereador Bolivar Fernandes, além de proibir a pesca no período da Piracema, porém, permitindo a dragagem no referido rio, neste mesmo período.
O então vereador Valdir Pretão, apresentou em 2015, projeto para derrubar o Decreto do Executivo, o mesmo foi votado e não passou.

Em 2016, o vereador o então vereador Valdir Pretão, reapresentou o projeto que foi mais uma vez rejeitado pela maioria dos vereadores na data de 03/05/2016.

O manancial do Córrego Caidor conseguirá abastecer com água potável a cidade de Silvânia, nos próximos 10, 20, 30, 50, 100 anos?

Que Meio Ambiente estamos deixando para as gerações futuras?

Você precisa ser a mudança que quer ver no mundo!

Abaixo, veja imagens recentes de trechos do leito e de margens do agonizante Rio Piracanjuba, nas proximidades da divisa do município de Silvânia com o município de Vianópolis, enviadas por um Interleitor:
Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Foto: Interleitor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário