OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sábado, 6 de janeiro de 2018

Pelo menos dois dos criminosos que evadiram de Silvânia, na caminhonete utilizada na sequência de crimes, teriam sido mortos em confronto com Policiais Militares no interior de residência que seria esconderijo da quadrilha na cidade de Senador Canedo.

Agência da Caixa Econômica Federal de Silvânia, teve a área destinada aos caixas eletrônicos destruída.
Foto/Arquivo Blog Olhar Cidadão Silvaniense.
Clique na imagem para ampliação e melhor visualização.
Informações extraoficiais e ainda não confirmadas dariam conta de que parte dos criminosos que fizeram reféns, atiraram contra um veículo causando a morte do condutor e ferimento no passageiro na Avenida Mário Ferreira, trocaram tiros com equipes do COD, e explodiram a agência da Caixa Econômica Federal de Silvânia, e que haviam evadido em uma caminhonete VW/AMAROK, conseguiram chegar até uma casa, na cidade de Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia, onde seria o esconderijo da quadrilha.


Equipes da Polícia Militar, lograram êxito em abordar dois meliantes que receberam os policiais a tiros, no confronto, um dos bandidos teria vindo a óbito no local e o outro foi socorrido ao hospital, onde também faleceu.

Essa quadrilha seria a principal suspeita de ter cometido o crime de explosão de caixas eletrônicos do Banco do Brasil da Cidade Livre, em Aparecida de Goiânia, na madrugada de sexta-feira, 22/12/2017, onde na ação, um motorista de Van foi alvejado na perna, e precisou ter o membro amputado.

O cerco da Polícia Militar continua, onde equipes do GRAER, COD, ROTAM, PM/2, CPE/3° CRPM, e equipes da 47° CIPM de Silvânia, permanecem na região com o intuito de prender os demais integrantes da associação criminosa.
PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois...

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário