OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Dois agentes prisionais ligados ao Presidio de Anápolis, são executados a tiros em um intervalo de poucas horas, na cidade anapolina, nesta terça-feira, 02/01/2018.

Dois agentes prisionais ligados ao Presídio de Anápolis, foram executados nesta terça-feira, 02/01/2018, em duas situações distintas.
Eduardo foi executado dentro do veículo.
Foto:Reprodução/Anápolis Notícias
O Agente prisional temporário Eduardo Barbosa dos Santos, foi executado a tiros no período da manhã, no momento do crime, ele conduzia seu veículo pela Rua Professor Ester Amaral, no Setor Bougainville, quando havia saído do serviço e estava quase chegando em sua casa.
Cena do crime que vitimou Eduardo.
Foto:Reprodução/Anápolis Notícias
Informações preliminares dão conta de que foram disparados aproximadamente 30 tiros de pistola 9 mm contra o veículo do agente.Eduardo morreu no local, minutos antes ele teria ligado para um amigo que também é Agente Prisional afirmando estar sendo seguido.O amigo achou se tratar de uma brincadeira não levando a sério o pedido de socorro.

Segundo o Presidente do Sindicato dos Agentes Prisionais do Estado de Goiás, Maxuell Miranda das Neves o crime pode ter sido uma retaliação por parte dos presos.

“Houve uma revista ontem a noite e foram recolhidos celulares e drogas. Os presos ficaram ameaçando os agentes”, contou.

Maxuell contou também que Eduardo não tinha contato com os presos.

“Ele ficava na Guarita e estava estudando para se tornar agente prisional” contou o presidente do sindicato.
Ednaldo, morto com mais de 20 tiros no período da tarde.
Foto:Reprodução/Anápolis Notícias.
--------------------------------------------------------------
Outro agente, Ednaldo Monteiro, ex chefe de segurança do Presidio de Anápolis, foi executado com mais de 20 tiros depois de entrar em seu veículo, no Bairro Vivian Park em Anápolis, no período da tarde, ele ia para o velório do outro Agente.
Cena do crime que vitimou Ednaldo.
Foto:Reprodução/Anápolis Notícias.
Ednaldo, havia sido preso na segunda fase da Operação Regalia, desencadeada pelo Ministério Público de Goiás, no dia 21 de novembro de 2017.Segundo as investigações da época, ele era responsável por receber dos presos para autorizar regalias no interior do presídio.
O presidente do Sindicato dos Agentes Prisionais, voltou a afirmar acreditar que seja uma retaliação dos presos.

Em um vídeo é possível ver o momento em que três passageiros armados saem de um veículo e em fração de segundos executam a vítima.Um irmão de Ednaldo, que estava próximo, foi ferido em uma das pernas.(Informação/Jornal Anhanguera 2° Edição)

Com informações e fotos de Anápolis Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário