OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Teto do Aeroporto de Brasília desaba e aterroriza passageiros.

Incidente ocorreu por volta das 16h10 deste domingo (18/2) e causou pânico em quem aguardava no salão de embarque. Houve ao menos um ferido

Parte do teto do salão de embarque do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, desabou neste domingo (18/2), por causa das fortes chuvas, e deixou ao menos um ferido. Ele recebeu atendimento de médicos do terminal.



O incidente ocorreu por volta das 16h10 e aterrorizou passageiros. A área onde o teto caiu foi isolada por causa do risco de novos desabamentos.
Questionada sobre o episódio, a Inframerica, administradora do aeroporto, disse que uma calha de escoamento de água pluvial ficou entupida e isso causou descolamento de placa do forro. O incidente, segundo a operadora, provocou vazamento de água em frente ao portão 17.
A Inframerica acrescentou que o homem machucado foi encaminhado a um hospital, onde passou por exames. Ainda segundo a empresa, o paciente já recebeu alta médica.


Material cedido ao Metrópoles
Passageiro recebe atendimento após queda de parte do teto no Aeroporto JK
Sustos em janeiro e fevereiro
Esta não é a primeira vez que parte do teto do aeroporto cai. No último dia 27, uma televisão se soltou da parede de um restaurante, na área de embarque internacional, e caiu com parte do forro. Ninguém ficou ferido. Segundo a Inframerica, não houve necessidade de interrupção das atividades aeroportuárias.
Depois disso, outros dois desabamentos assustaram a população de Brasília. Um deles, no último dia 4, ocorreu na garagem do Bloco C da 210 Norte e esmagou 25 carros. O desmoronamento deixou os moradores em pânico, que deixaram o prédio com medo de a estrutura cair. Por sorte, ninguém ficou ferido, pois o incidente ocorreu por volta das 6h de um domingo.
Dois dias depois, parte de viaduto no Eixão Sul desabou, na altura da Galeria dos Estados, após duas faixas do asfalto cederam. A via está interditada até hoje. A estrutura caiu sobre quatro carros e um restaurante. Ainda assim, não houve feridos. Os incidentes acenderam debate sobre a condição de vias e construções da capital da República.
Fonte:Reprodução/Metrópoles.

Um comentário:

  1. Se eu estiver mentindo quero que o teto desabe sob a minha cabeça. PT saudações.O teto tinha que cair em cima da cabeça da Dilma e do Temer.

    ResponderExcluir