OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Operação Habacuque leva para cadeia 02 pastores suspeitos de aplicarem golpes de pelo menos 15 mi em Goianésia.(Operação também foi realizada em Leopoldo de Bulhões).

Casa onde foi preso um dos pastores investigados - Imagem: Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil de Goianésia, com o apoio do GT3 e da Gerência de Operações de Inteligência da Polícia Civil, deflagrou nesta sexta-feira, 18, a operação Habacuque (alusiva ao livro bíblico de mesmo nome englobando o capítulo 2 e versículos 9 e 10), culminando na prisão de três pessoas, sendo dois pastores.

Adilson Ney Lopes, e os pastores evangélicos Alencar Santos Buriti, e Osório José Lopes Junior, foram presos por serem suspeitos de aplicarem golpes na cidade de pelo menos 15 milhões de reais. Aproximadamente 30 pessoas foram vítimas do grupo.
O delegado responsável pelo caso, Marco Antônio Maia, explicou ao Portal Meganésia que os suspeitos fizeram com que muitas vítimas vendessem suas propriedades para aplicarem o dinheiro em um suposto título da dívida agrária. A promessa era de que o “investidor” receberia até 20 vezes o valor aplicado.
“Os pastores afirmavam que possuíam um título da dívida agrária no valor de mais de R$ 1 bilhão e que precisavam captar dinheiro para pagar o processo para receber este dinheiro, só que esbanjavam. [compraram] Vários carros importados, mansões. O próprio pastor Osório andou muito com segurança particular. Veio algumas vezes aqui em Goianésia com helicóptero. E acabou que não pagou. Muitas pessoas venderam casas, fazendas e entregaram o dinheiro aos golpistas. A promessa era de que os investidores receberiam até 20 vezes mais o valor aplicado”.
Marco Antônio disse ainda que a operação foi realizada em Goianésia, Leopoldo de Bulhões e Goiânia. Adilson Ney foi preso em Goianésia, Osório José em Leopoldo de Bulhões, e Alencar Santos em Goiânia. Segundo o delegado, os pastores continuavam pastoreando e aplicando o golpe.
Em Goianésia o golpe foi aplicado principalmente em 2015. Quando a “bomba” estourou no ano seguinte, os pastores foram embora para outras cidades para não serem presos. Agora, com o êxito na operação, os pastores ficarão a disposição da justiça de Goianésia onde deverão responder pelos crimes praticados.
A polícia não divulgou imagens dos suspeitos.
"Habacuque 2, 9 - 10 - 9 Ai daquele que, para a sua casa, ajunta cobiçosamente bens mal adquiridos, para pôr o seu ninho no alto, a fim de se livrar do poder do mal! 10 Vergonha maquinaste para a tua casa; destruindo tu a muitos povos, pecaste contra a tua alma."
Fonte:Reprodução/MEGANÉSIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário