OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

domingo, 10 de junho de 2018

Membros de facção criminosa são mortos em confrontos com Giro em Caldas Novas.

Suspeitos alvejados receberam atendimento médico, mas foram a óbito. Homicídios foram evitados (Foto: reprodução/Giro/PM)

Procurados por homicídios em Goiânia, integrantes do crime organizado deixaram a capítal com objetivo de eliminar alvos no interior do estado


Após confrontos com agentes do Giro, três homens pertencentes a uma organização criminosa foram alvejados e mortos em Caldas Novas na tarde de sexta-feira (8). Segundo informações da Polícia Militar, eles praticaram homicídios em Goiânia e se deslocaram para Caldas com objetivo de executar mais pessoas por dívidas relacionadas ao tráfico de drogas.

Duas pistolas de calibre restrito, calibres 9mm e .40, dois revólveres calibre 38 e uma terceira pistola calibre 380 foram apreendidas. Também foram encontrados um carro com placa clonada, quatro balanças de precisão e porções de maconha, cocaína e crack. As identidades dos suspeitos bem como o local dos confrontos não foram revelados. À pedido da Polícia, o nome da organização também permanece em sigilo. Veja foto dos itens:

Foto: reprodução/Giro/PM
Os bandidos estavam em dois locais distintos, o que forçou a equipe a se dividir para evitar a fuga do trio. Na primeira abordagem, policiais entraram na residência onde estaria um dos suspeitos, onde identificaram um veículo Gol com placa clonada. Na sequência, ao perceber a presença dos policiais, um dos suspeitos iniciou uma troca de tiros, mas foi atingido e morreu no hospital.


Na segunda localidade, agentes encontraram um dos indivíduos na porta de uma kitinete, ocasião em que foram recebidos a tiros. De acordo com um policial que não quis ter a identidade revelada, também houve confronto. “Eles atiraram para tentar fugir, mas conseguimos evitar as fugas e os homicídios que eles intencionavam praticar”.
Conforme expõe o policial, os três receberam atendimento médico, mas acabaram indo a óbito. “Um deles era responsável por mais de 10 homicídios na capital. Outro havia saído da cadeia há 10 dias e usava tornozeleira eletrônica. Todos com extensa ficha criminal”, reforça.
Fonte:Reprodução/Mais Goiás.
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário