OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 17 de julho de 2018

A Polícia Civil informa, a respeito da morte da menor de 3 anos, em Niquelândia, nesta segunda-feira, 16/07/2018.

Imagem:Reprodução/Jornal Anhanguera 1ª edição.
A menina foi encontrada na noite de ontem, segunda-feira, 16/07/2018, em uma mata próxima à sua residência, no Setor Sol Nascente, em Niquelândia-GO, com sinais de violência física e sexual.

Ela foi socorrida, mas faleceu no hospital.

O menor conduzido à delegacia, T.S.S, de 15 anos, confessou o ato infracional na manhã desta terça-feira (17), em depoimento ao delegado Bernardo Comunale, que responde interinamente pelo município.

No interrogatório, ele negou conjunção carnal e disse que as lesões encontradas no ânus da criança teriam sido provocadas pela introdução do dedo. Mas a versão ainda precisa ser esclarecida, uma vez que o adolescente possuía escoriações nos joelhos e cotovelos. De acordo com o depoimento, ele usou uma pedra de mais de três quilos para matar a menina, golpeada na cabeça, e só depois praticou a violência sexual.

O adolescente, vizinho da vítima, já havia tido problemas com drogas, prática de roubo, e chegou a ser internado em clínica psiquiátrica. Ele pegou a menina de dentro de casa, em um breve momento em que a mãe foi à casa da sogra, situada no mesmo lote.

A partir de agora, o delegado irá lavrar o Auto de Apreensão em Flagrante (artigo 217A - parágrafo 4º, estupro de vulnerável com morte) e apresentar, na sequência, o infrator ao Ministério Público. O judiciário, então, deve designar um centro de internação para onde o adolescente deve ser encaminhado.

Reprodução de texto de Anápolis Notícias Urgentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário