OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Com um número considerável de participantes aconteceu nesta quinta-feira, 09/08/2018, o SEMINÁRIO-O javali asselvajado no município de Silvânia:Prevenção, Controle e Monitoramento.

Durante todo o dia desta quinta-feira, 09/08/2018, aconteceu na Associação Atlética Banco do Brasil, de Silvânia, o
SEMINÁRIO-O javali asselvajado no município de Silvânia:Prevenção, Controle e Monitoramento.


O evento contou com a participação de um número considerável de pessoas que assistiram seis palestras, foram elas:
*Palestra 1:Manejo de Javalis
                     Dr.Leo Caetano Fernandes da Silva.
Analista Ambiental do IBAMA

*Palestra 2:Emissão do Certificado de Registro de Armas de fogo para atividade de CAÇADOR

                      Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC-11ª Região Militar do Exército)

*Palestra 3:Iniciativas do Controle Populacional de Javalis em Santa Catarina
                     1° Tenente PM Joel Gaio
                     Cabo PM Último Agostini Júnior
                     1ª Companhia do 2° Batalhão Ambiental de Santa Catarina

*Palestra 4:Javali-zoonoses colheita de sangue
                      Poliana S. F. Junqueira do Val
                      Médica Veterinária/Agrodefesa

*Palestra 5:Manejo de Javalis em UCs Federais
                      Tainah Corrêa Seabra Guimarães
                      Analista Ambiental/ICMBIO

*Palestra 6:ANCC-Associação Nacional de Caça e Conservação
                      Daniel Terra
                      Presidente da ANCC

O javali (Sus scrofa) europeu, principal ancestral do porco domestico é um animal exótico, não pertence a fauna brasileira, considerado uma das piores espécies invasoras, provavelmente pode ter entrado no Brasil pela Região Sul, por volta de 1991, vindos do Uruguai e Argentina, no Estado de Goiás, os primeiros animais foram vistos em 2006/2007.

Tem causado sério impacto ambiental, impacto socioeconômico e com a sua reprodução em ritmo acelerado tem causado a destruição de nascentes, destruição de espécies da flora e fauna, disseminação de doenças.

O javali ocorre atualmente em 600 município do Brasil.

Um casal de javalis pode gerar em três anos mais de 100 animais.

Na nossa região, um bando médio possuí 30 animais, com peso médiode 80 kg, um macho adulto pode chegar a 106 kg, fêmea adulta 85 kg, um animal jovem tem peso médio de 30kg, com 40 a 50 kg o animal começa a se reproduzir.

Compete com nossas espécies, é um predador voraz, destrói o sub-bosque, evitando o crescimento de jovens espécies vegetais.

A legislação vigente não permite o uso de veneno, armadilhas com laço e ou, que venham a ferir os animais.

Com a devida licença, documentação é permitido o uso de gaiolas, currais, caça, caça com cães, caça de espera/cava.

Não é permitida a caça em propriedades sem autorização.

Criar o javali é crime ambiental, com multa de R$ 2.000,00 (dois mil reais), mais duzentos reais por indivíduo.Prisão de três meses a um ano.

É proibido transportar o animal vivo ou morto!
PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois...

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário