OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Comerciantes, moradores e transeuntes da Praça do Rosário, Rua Xavier de Almeida, Rua Padre Antônio, Rua Antônio Caetano, Rua Henrique Silva e adjacências, no Centro de Silvânia, indignados amargam prejuízos e transtornos com fechamento de via pública para realização do Programa Ação Cidadã, que acontece em frente a Prefeitura Municipal nesta sexta-feira, 24/08/2018.

Nossa reportagem foi acionada por comerciantes, moradores e motoristas transeuntes da Praça do Rosário, Rua Xavier de Almeida, Rua Padre Antônio, Rua Antônio Caetano, Rua Henrique Silva e adjacências, no Centro de Silvânia, que indignados amargam prejuízos e transtornos com o fechamento de via pública para realização do Programa Ação Cidadã, que acontece em frente a Prefeitura Municipal, nesta sexta-feira, 24/08/2018.

Desde a manhã desta quinta-feira, 23, os problemas tiveram início com a interdição do local, sendo registrados danos em veículos provocados por abalroamentos, danos na pavimentação, motoristas trafegando pela contramão de direção tumultuando o trânsito, entre outros.

Todos questionam o porquê de um evento de tal dimensão não ser realizado na APAE e no Ginásio de Esportes João Natal, no Bairro das Pedrinhas ou no barracão de eventos do Bairro São Sebastião, por exemplo, desta forma, minimizando os prejuízos, transtornos, aborrecimentos causados e estruturas utilizadas.

Vale ressaltar a importância dos serviços oferecidos, porém, o direito de ir e vir das pessoas não deve ser retirado, e os comerciantes e moradores que pagam seu impostos também devem ter seus direitos respeitados.

O fechamento do local mais parece sensacionalismo político as vésperas de eleições.
PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois...

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário