OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

O Ministério Público Estadual, através de seu representante na Comarca de Silvânia, o Promotor de Justiça, Dr. Carlos Luiz Wolff de Pina, recebeu a imprensa Silvaniense, na sede do MP, na manhã desta quinta-feira, 02/08/2018, onde informou sobre providências tomadas quanto a necessidade da instalação de barreira eletrônica na duplicação da GO-139 e a garantia de atendimento médico de urgência e emergência para a população durante a realização da 35ª EXPOAGRO, o que será disponibilizado pelo município de Silvânia, através de contrato de prestação de serviços formalizado com o Hospital e Maternidade São Sebastião de Vianópolis, com isso, se manifestando favorável a realização do evento agropecuário desde que os acordos sejam cumpridos.

Clique na imagem para ampliar e melhor visualizar.
Ao receber a imprensa Silvaniense, na sede do Ministério Público, na Promotoria de Justiça da Comarca, no Forum de Silvânia, na manhã desta quinta-feira, 02/08/2018, o Promotor de Justiça Dr. Carlos Luiz Wolff de Pina, informou que após receber inúmeras reclamações de que veículos estão fazendo uso de velocidade excessiva sobretudo em frente ao FORUM e ao Ginásio Anchieta, o
Ministério Público, oficiou a AGETOP, solicitando fiscalização no local, o que foi feito depois que uma equipe do referido orgão compareceu e constatou a necessidade da instalação da barreira, o que será feito em até sessenta dias, caso não for feito, o Ministério Público ajuizara uma ação para compelir a AGETOP, a fazê-lo.

Clique na imagem para ampliar e melhor visualizar.
O Promotor disse ainda que, como a AGETOP, reconheceu a necessidade, acredita que o ajuizamento da ação não será necessário.
------------------------------------------------------------
Clique na imagem para ampliar e melhor visualizar.
Quanto a realização da EXPOAGRO, o Promotor de Justiça informou que na Ação Civil Pública, o Ministério Público havia solicitado do município de Silvânia que desse garantias do atendimento médico, ou no hospital, ou através de outro município.
Como o hospital continua interditado, o Promotor ressaltou que o município nesta quinta-feira, 01, protocolou petição informando que foi formalizado contrato de prestação de serviços com o Hospital e Maternidade São Sebastião de Vianópolis, garantindo assim, a prestação de serviços médicos no período da EXPOAGRO, a toda população, considerando ainda a população flutuante, aquela que vem de outros municípios, pois na visão do Ministério Público, iria aumentar muito a demanda no Hospital Nosso Senhor do Bonfim de Silvânia, e nas condições em que ele se encontra atualmente, não teria como acolher essa demanda.Diante disso, o Ministério Público se manifestou favorável a manutenção do evento diante da garantia da prestação do serviço médico de urgência e emergência.O Promotor de justiça ressaltou que o Ministério Público nunca foi contra ou a favor da realização da EXPOAGRO, quem decide é o prefeito, ressaltou.

O que o Ministério Público sempre quis, foi a garantia do atendimento médico de urgência e emergência a população, o que foi garantido.Com isso os autos estão conclusos para deliberação da Juíza da Comarca, Dra.Nathalia Bueno Arantes da Costa, pontuou.
PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois...

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário