OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Presos de alta periculosidade são transferidos de Goiás, para o presídio federal de Porto Velho.

Oito presos de alta periculosidade e líderes de facções criminosas foram transferidos nesta segunda-feira (17) do Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia para a Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. Dois deles têm condenações que somam quase 100 anos de reclusão, A ação visa combater o crime organizado.

“Eles são os oito presos mais perigosos de Goiás. Podemos afirmar com segurança que a maioria dos assassinatos ordenados na capital são comandamos pelos indivíduos que foram hoje transferidos. Eles ficarão segregados e não poderão dar ordens de crimes”, disse o secretário de Segurança Pública, Irapuã Costa Júnior.

A ação que resultou na transferência dos presos começou há dois meses e contou com todos os órgãos da SSP. Também foram necessárias autorizações do Poder Judiciário estadual e nacional. Após a SSP conseguir as vagas, oDepartamento Penitenciário Nacional (Depen) foi quem definiu para onde os detentos seriam transferidos. Eles foram levados em um avião da Força Aérea Nacional (FAB)

De acordo com a SSP, também são tomadas medidas para evitar que presos ordenem crimes de dentro dos presídios goianos.

“Estamos contratando o serviço de bloqueio e não o de aquisição de equipamentos porque a tecnologia muda muito rápido. Também estamos incrementando ações no sentido de reforçar a fiscalização da entrada desses itens nos presídios”, afirmou o coronel.

*Os presos transferidos são:*

🔸Sérgio Dantas da Silva Filho
condenado a 24 anos e 9 meses de prisão
🔸José Constantino Júnior
condenado a 31 anos e dois meses de prisão.
🔸Renato Pereira do Nascimento
condenado a 23 anos de prisão
🔸Carlos Alberto Lopes
condenado a 94 anos e três meses de prisão.
🔸Natair de Moraes Júnior (Junin Natair)
condenado a 41 anos e 2 meses de prisão
🔸Heully Rios dos Santos
Condenado a 49 anos e 6 meses de prisão;
🔸Fernando Alves Motta
Condenado a 26 anos e 4 meses de prisão;
🔸Flávio Fernandes da Silva
Condenado a 97 anos e 7 meses de prisão;

De acordo com o gerente de inteligência estratégica da SSP, delegado Kleber Toledo, além das condenações, todos os presos foram indiciados por homicídios, sendo que apenas Sérgio tem envolvimento com 15 mortes. A maioria também responde por tráfico de drogas, roubos e associação criminosa.

Fonte:Reprodução/Anápolis Notícias Urgentes.
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário