OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Empresa responsável pela limpeza do município de Silvânia, que teve diretores presos na última quarta-feira, 06/02/2018, em Pirenópolis, mesmo com alto valor em contrato, estranhamente usa ferramentas, maquinário, caminhões e veículos da Prefeitura Municipal de Silvânia, para realização dos serviços prestados.

Foto:Interleitor.
Informações chegadas a nossa reportagem dão conta de que estranhamente a empresa Amarilis Prestacional Eireli-ME, com nome de fantasia SOMA, que possui contratos de prestação de serviços de limpeza com o município de Silvânia, e que teve diretores presos juntamente com secretarios e assessor jurídico da Prefeitura Municipal de Pirenópolis, na última quarta-feira, 06 (http://www.olharcidadaosilvaniense.com.br/2019/02/operacao-da-policia-civil-prende-varios.html), usa ferramentas, maquinário, caminhões, veículos e funcionários da Prefeitura Municipal de Silvânia, para realização dos serviços prestados no município.

Foto:Interleitor.
Em uma imagem enviada a nossa reportagem por um interleitor, e possível ver os funcionários da referida empresa sendo transportados inadequadamente na carroceria de um veículo FIAT/STRADA, de propriedade Prefeitura Municipal de Silvânia, desta forma, colocando em risco a integridade física e a vida dos mesmos e ainda desrespeitando o que preconiza o Código de Trânsito Brasileiro, ao tempo em que é possível ver empresas de Silvânia transportando seus funcionários em microônibus e vans.

Um contrato da empresa Soma, com o município de Silvânia, no ano de 2018, foi de 2 milhões, novecentos e quarenta mil reais, com vigência de 23/01/2018 a 31/12/2018, o que dá R$ 245,00 (duzentos e quarenta e cinco mil reais, por mês.

Este ano estranhamente, não há no portal da transparência, nenhuma publicação sobre contratos com a empresa, todavia, é possível ver os funcionários trabalhando pelo município.

Como explicar um valor tão alto de apenas um contrato (ano de 2018, foi de 2 milhões, novecentos e quarenta mil reais, com vigência de 23/01/2018 a 31/12/2018), e a referida empresa ainda use ferramentas, maquinário e veículos da Prefeitura Municipal de Silvânia, o entendimento é que mesmo com o alto valor do contrato pagamos dobrado enquanto contribuintes.

Infelizmente, nossos vereadores não cumprem com sua principal obrigação constitucional de fiscalizar as ações do executivo sendo assim, coniventes com essas situações que juntamente com as chamadas "reformas" do Hospital Nosso Senhor do Bonfim; Atenas Clube; Construção da escola municipal do Bairro São Sebastião; Buracos nas vias públicas; Inaugurações de obras inacabadas; Não funcionamento do abatedouro de frangos já inaugurado por três vezes; Não cumprimento das promessas de pavimentação asfáltica da Avenida São Sebastião, no Bairro São Sebastião; Ruas por pavimentar no Residencial Anhanguera, entre tantos outros absurdos, deixam o cidadão Silvaniense, consequentemente pagador de impostos, indignado.

Nestes quase dois anos que ainda faltam para o término do mandato do prefeito e vereadores, a pergunta que fica é:
Quem irá nos defender?
O Chapolin Colorado?
PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois, vão reproduzir por aí, sem citar a fonte das informações.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.


BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

NOSSAS PUBLICAÇÕES VEM SENDO REPRODUZIDAS SEM QUE SE TENHA O CARÁTER E O PROFISSIONALISMO DE CITAR A FONTE:
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE.

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário