OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sexta-feira, 3 de maio de 2019

ATUALIZAÇÃO:Vendedora de colchões é presa no final da manhã desta sexta-feira, 03/05/2019, depois de pedir para usar banheiro de residência no Bairro Maria de Lourdes, em Silvânia, e furtar valor em dinheiro de proprietário.

Policiais Militares lotados na 47ª CIPM de Silvânia, na viatura 10547, em equipe composta pelo Sargento Tales e Soldado Vinícius, foram acionados às 11h 45min, desta sexta-feira, 03/05/2019, e se deslocaram até o Bairro Maria de Lourdes, em Silvânia, onde foram informados por um idoso, vítima de furto de valor em espécie, que relatou aos Policiais Militares que duas vendedoras de colchões bateram a sua porta oferecendo seu produto.

Em determinado momento uma delas Eloísa Natália Nunes da Silva, 20 anos, natural de Belo Horizonte-MG, pediu para usar o banheiro, em seguida as duas saíram do imóvel.

O idoso ao verificar o local onde guardava seu dinheiro, deu por falta do valor em espécie de R$ 207,00 (duzentos e sete reais), em ato continuo foi atrás da autora, a mesma disse que não havia pegado o dinheiro, momento em que acionou a Polícia Militar.

Os Policiais Militares ao abordarem a autora, encontraram o valor em seu poder, alegando que o dinheiro era uma ajuda de custo recebida da empresa de colchões em que trabalha.

Diante dos fatos, a autora foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Silvânia, onde foi apresentada ao Delegado Titular Dr. Leonardo Barbosa Sanches, que em contato com o departamento de recursos humanos da empresa e com o gerente, o qual negou a versão da autora, a autora então confessou o furto dizendo que o dinheiro seria para ajudar um filho.

Sendo assim, Eloísa foi autuada em flagrante delito com base no Artigo 155, do CodiCó Penal Brasileiro, pelo crime de furto.

Conforme a lei vigente, o crime é afiançável, sendo assim, foi arbitrada fiança no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais), que foi paga, desta forma, a autora vai responder o processo em liberdade.

Curta e siga a página do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, no Facebook, e também fique atualizado com as lives (vídeos ao vivo) que poderão ser produzidos e visualizados a qualquer momento.

PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois, vão reproduzir por aí, sem citar a fonte das informações.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

NOSSAS PUBLICAÇÕES VEM SENDO REPRODUZIDAS SEM QUE SE TENHA O CARÁTER E O PROFISSIONALISMO DE CITAR A FONTE:
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE.

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário