OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Aluguel de armas levou à prisão de ciganos suspeitos de dezenas de assassinatos.

(Foto: Divulgação / PC)
Eles são suspeitos de envolvimento em mais de 10 mortes, e pelo menos 15 tentativas de homicídios no Maranhão, Tocantins e Bahia; crimes foram motivados por desentendimento entre famílias
Dois irmãos ciganos foram presos na última quinta-feira (31/10). Jonatan de Almeida Dantas, de 22 anos, e Pascoal Ribeiro Dantas, de 48 anos, foram encontrados porque alugavam armas para criminosos em Goiânia. Eles estariam envolvidos em pelo menos dez assassinatos e 15 tentativas de homicídio nos últimos 20 anos. A investigação da Polícia Civil (PC) era sobre execuções ocorridas na Região Noroeste de Goiânia e chegou até os suspeitos.

A guerra entre uma mesma família de ciganos teve início há duas décadas, depois que dois primos pretendiam ficar com uma mesma mulher. As informações são do titular da Delegacia Estadual de Homicídios (DIH), delegado Rilmo Braga. “Por conta desse caso passional, eles se dividiram, mudaram de cidade, e começaram a se matar sempre que se encontravam, levando o medo a moradores da Bahia, Rondônia, Tocantins, e Distrito Federal”, destacou.
Como vingança de algumas mortes ocorridas a partir do final dos anos 1990, Pascoal e o outro irmão, Luciano Dantas, segundo o delegado, sequestraram, em 2017, na Bahia, Iranildo Gama Queiroz.O homem era primo deles. Eles exigiram que o pai dele, Zanata Dantas, pagasse R$ 5 milhões pelo resgate.
Após negociação, Zanata ofereceu R$ 500 mil aos seqüestradores, mas mesmo após pagar o valor, teve o filho assassinado. O pai recebeu a cabeça dele em uma caixa de papelão. A partir daí, Zanata, segundo a Polícia Civil da Bahia, pagou R$ 200 mil para que um pistoleiro matasse todos os membros da família de Pascoal. Isso teria desencadeado uma série de assassinatos e tentativas de homicídios nos três estados e no Distrito Federal.
O próprio Pascoal foi vítima de uma emboscada que deixaram ele e a esposa feridos a tiros. Durante o crime, outro filho do casal foi morto.
O último assassinato atribuído aos irmãos, de que a polícia teve conhecimento, foi aconteceu em novembro do ano passado em Eunápolis, na Bahia. José Paulo, que era casado com uma filha de Pascoal, foi morto a tiros disparados pelo sogro e por Jonatas Dantas. O pai de José Paulo também chegou a ser baleado mas sobreviveu. Desde então, segundo as investigações, Pascoal e Jonatas se mudaram para Goiânia, onde viviam em um condomínio fechado de alto luxo.

“Por aqui eles, a princípio, não cometeram nenhum delito grave, já que tinham uma vida discreta, porém, de alto luxo, mas há indícios de que estariam alugando armas para criminosos que executam rivais. Tanto que apreendemos com eles uma três pistolas, um revólver, e mais de mil munições”, concluiu o titular da DIH.


Na operação, que culminou com a localização dos irmãos ciganos, a esposa de um deles também foi presa acusada por posse ilegal de armas e munições. A prisão dos irmãos ciganos, que também foram autuados em flagrante por posse de armas e munições, já foi comunicada à Justiça do Tocantins e da Bahia, onde ambos possuem vários mandados de prisão em aberto.
Um outro homem, que nada tem a ver com os irmãos, mas que estaria envolvido em uma tentativa de homicídio que deixou uma mulher tetraplégica em Goiânia em 2017 também foi preso durante a operação desencadeada pela DIH. Como as investigações continuam, a Polícia Civil não divulgou outros detalhes sobre este crime.
Fonte:Reprodução/Mais Goiás.

Curta e siga a página do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, no Facebook, e também fique atualizado com as lives (vídeos ao vivo) que poderão ser produzidos e visualizados a qualquer momento.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.


BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário