OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sábado, 22 de fevereiro de 2020

Assassino confesso de gerente de hipermercado encontrado morto em cela no núcleo de custódia em Aparecida de Goiânia.

Allan Pereira dos Reis, de 22 anos, foi detido em Bela Vista de Goiás e levado ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, ontem (21), mas foi encontrado falecido neste sábado
22/02/2020.

“Eu tô pra fazer uma merda da minha vida, eu tô pra fazer uma merda”, diz Allan durante conversa com ex-patrão.

Allan Pereira dos Reis, de 22 anos, que estava preso desde a última terça-feira (18) como suspeito de matar a gerente de hipermercado Fernanda de Souza Silva, de 33, foi encontrado morto em uma cela do Núcleo de Custódia, do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na madrugada deste sábado (22). Ele confessou o homicídio da então namorada, realizado a pauladas e ainda a tentativa de esconder o corpo da vítima ao queimá-lo.

O assassino confesso estava detido em Bela Vista até a sexta-feira (21), cidade em que Fernanda morava, mas foi trazido ao Complexo Prisional e deixado em uma cela do Núcleo, sozinho. A Superintendência de Segurança Penitenciária (Susepe) da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informa que procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração da morte do custodiado. "A polícia científica e a Polícia Civil foram acionadas, de imediato, e estiveram na cela onde ocorreu o fato para os trabalhos iniciais de investigação sobre o óbito", informa a DGAP.

A suspeita é que Allan tenha cometido suicídio por enforcamento. O jovem foi preso ao tentar fugir, com documentos falsos, para o estado do Pará, depois de ter mantido contato com a família de sua vítima, se passando por ela e com o aparelho celular da mesma. Ainda assim, a Polícia Civil ia ouví-lo nesta semana para confirmar detalhes do caso, como a motivação do crime, a dinâmica do caso e se ele contou com a ajuda de algum comparsa na fuga.

Em um primeiro momento, Allan teria dito que matou Fernanda em um acesso de raiva, quando ela teria falado que seus filhos eram bastardos. A polícia também investiga quando teria sido o crime e por quanto tempo o carro da vítima ficou abandonado em uma mata de Bela Vista de Goiás, em que foram encontrados rastros de uma motocicleta, que possivelmente foi o veículo usado por Allan para sair do local. O corpo de Fernanda foi encontrado em uma mata entre Piracanjuba e Caldas Novas, no local indicado pelo assassino confesso.

O delegado responsável pelo caso, Antônio André Santos Júnior, afirmou que já tinha descoberto a motivação do caso antes da morte de Allan, o que deverá ser repassado à imprensa em uma entrevista coletiva que ainda será marcada. Ele conta ainda que, com o suposto suicídio, "acabou o caso" e que é muito difícil, a partir de agora, conseguir identificar se houve a participação de outra pessoa no crime, como para ajudar Allan a sair da mata onde ele abandonou o veículo de Fernanda.

Fonte: O POPULAR.

Reprodução:Anápolis Notícias Urgentes.

Curta e siga a página do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, no Facebook, e também fique atualizado com as lives (vídeos ao vivo) que poderão ser produzidos e visualizados a qualquer momento.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário