OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quarta-feira, 24 de junho de 2020

EXCLUSIVO:Cigano autor de homicídios no Bairro São Sebastião, em Silvânia, em 1999, preso em ação conjunta entre o Grupo de Capturas da 3ª DRP/Anápolis, Núcleo de Papiloscopia de Anápolis, Delegacia de Polícia de Peixe-TO e o 7º Núcleo Regional de papiloscopia de Gurupi-TO.

Uma ação conjunta entre o Grupo de Capturas da 3ª DRP/Anápolis, Núcleo de Papiloscopia de Anápolis, Delegacia de Polícia de Peixe-TO e o 7º Núcleo Regional de papiloscopia de Gurupi-TO resultou na prisão preventiva de um cigano,
acusado de homicídio na cidade de Silvânia-GO, ocorrido em 28/02/1999, que estava residindo em São Valério da Natividade-TO, utilizando nome falso.

Na ocasião, o acusado e um outro homem, mataram a tiros Francisco Cotrim Silva e Cristiano Cotrim Silva e, ainda, feriram Alessandro Cotrim Silva e Francisco Cotrim Silva Júnior.

Após o crime, o capturado fugiu e passou a utilizar documentos falsos com o nome de Paulo Borges Ferreira.

Os agentes do CAOP receberam a informação que o acusado estava vivendo no Estado do Tocantins, com o nome acima mencionado.

Em razão disso os papiloscopistas da PCGO foram acionados e após troca de informações com os papiloscopistas tocantinenses foi possível constatar, por meio de confronto das digitais, que Paulo Borges Ferreira se tratava da mesma pessoa acusada de homicídio na cidade de Silvânia.

Com a confirmação da identidade, a autoridade policial de Peixe-TO e seus agentes conseguiram localizar e prender o foragido na cidade de São Valério da Natividade.

Relembre o caso a partir do inquérito da Polícia Civil de Silvânia e Ministério Público do Estado de Goiás.

"Paulo Ferreira da Silva, apodo Gerônimo, no dia 28/02/1999, por volta das 11h 45min, em via pública no Bairro São Sebastião, em Silvânia-GO, fazendo uso de um revólver calibre 22, marca Rossi, e com intenso dolo de matar efetuou dois disparos em direção a vítima Cristiano Cotrim da Silva, atingindo-a, na região femoral direita e no abdômen, segundo laudo de exame cadavérico, causando lhe a morte.Na mesma ocasião o denunciado Paulo, utilizando da mesma arma de fogo e com intenso dolo de matar, efetuou um disparo em direção a vítima Francisco Cotrim Silva Júnior, e dois disparos em direção a vítima Alessandro Cotrim Silva, causando lhe ferimentos, não consumando os crimes por razões alheias a sua vontade.No mesmo local e horário, o denunciando Divino Donizete da Silva, fazendo uso de uma arma de fogo não apreendida, e com intenso dolo de matar, efetuou três disparos em direção à vítima Francisco Cotrim da Silva, causando lhe a morte, conforme laudo de exame cadavérico.
Segundo apurado, no dia e hora supra mencionados, as vítimas Francisco Cotrim da Silva, Francisco Cotrim Silva Júnior, Alessandro Cotrim Silva e Cristiano Cotrim Silva, estavam no estabelecimento comercial denominado"Bar do Zezinho", quando Roninho de Tal, ao passar pelo local, começou a agredir moralmente a vítima Francisco Cotrim Silva.
Imediatamente, a vítima Francisco Cotrim Silva, saiu do estabelecimento comercial e foi em direção a Roninho, o qual chamou a mesma para brigar ao mesmo tempo em que caminhava rumo a casa dos denunciados.em seguida as vítimas Francisco Cotrim da Silva Júnior, Alessandro Cotrim Silva e Cristiano Cotrim Silva também se dirigiram até em frente a casa dos denunciandos.
Ato contínuo, o denunciando Paulo Ferreira da Silva, então cunhado de Roninho, chegou no local com o revólver em punho e gritou "saiam daí que eu vou atirar".
Neste momento, a vítima Alessandro, pediu calma para o denunciando Paulo, solicitando que ele não atirasse.
Logo após, o denunciando Paulo efetuou um disparo para o alto, e apontou a arma em direção a Francisco Cotrim Silva Júnior, efetuando seguidamente outro disparo, atingindo-a, na região femoral direita e no abdômen.
Seguidamente, o denunciando Paulo efetuou mais dois disparos em direção a vítima Alessandro Cotrim Silva, atingindo-a, na região do externo e, finalmente acionou novamente o gatilho e efetuou um disparo atingindo a mão da vítima Francisco Cotrim Silva.
A vítima Francisco Cotrim Silva, caiu e se levantou, ocasião em que o outro denunciando Divino Donizeti da Silva, chegou no local e efetuou três disparos em direção a ela, atingindo-a, fatalmente na região da boca, do mamilo esquerdo e do abdômen.
Após, os denunciandos correram para ointerior da casa e empreenderam fuga.
As vítimas foram socorridas por terceiros, mas Cristiano Cotrim Silva e Francisco Cotrim Silva vieram a óbito em razão dos ferimentos causados pelos projéteis."

Curta e siga a página do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, no Facebook, e também fique atualizado com as lives (vídeos ao vivo) que poderão ser produzidos e visualizados a qualquer momento.

PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois, vão reproduzir por aí, sem citar a fonte das informações.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

NOSSAS PUBLICAÇÕES VEM SENDO REPRODUZIDAS SEM QUE SE TENHA O CARÁTER E O PROFISSIONALISMO DE CITAR A FONTE:
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE.

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário