OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Liminar do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás concedida ao Ministério Público do Estado de Goiás, que cancela reabertura do comércio em Goiânia, nesta segunda-feira, 22/06/2020, segue mantida.

Segue mantida decisão liminar concedida ao Ministério Público do Estado de Goiás pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás que cancela reabertura do comércio em Goiânia nesta segunda-feira, 22/06/2020.

A decisão liminar sustenta que a reabertura do comércio entre eles shoppings e lojas da região da Rua 44, no centro da capital, põe em risco a saúde da população uma vez que o aumento de casos é crescente, e o número de leitos vagos nas UTI's  e muito pequeno.

Em caso de descumprimento a multa diária imposta pela Justiça ao Município de Goiânia é de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por dia.

Neste domingo, 21, os shoppings divulgaram as medidas de prevenção que seriam tomadas em prevenção ao contágio.

O Município de Goiânia através de seu Procurador de Justiça, anunciou no início da manhã desta segunda-feira, 22, que  reunião será feita com o prefeito Íris Rezende, para definir qual atitude será tomada.

Curta e siga a página do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, no Facebook, e também fique atualizado com as lives (vídeos ao vivo) que poderão ser produzidos e visualizados a qualquer momento.

PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois, vão reproduzir por aí, sem citar a fonte das informações.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

NOSSAS PUBLICAÇÕES VEM SENDO REPRODUZIDAS SEM QUE SE TENHA O CARÁTER E O PROFISSIONALISMO DE CITAR A FONTE:
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE.

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário