OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Embalagens vazias de defensivos agrícolas, são descartadas de forma irregular, às margens de leito de rio, em Silvânia.

Nossa reportagem foi acionada no início da tarde desta quinta-feira, 26/02/2015, por um cidadão que pediu que seu nome não fosse revelado, onde o mesmo informou a existência de galões vazios de defensivos para lavouras jogados no aterro da ponte sobre o Rio Vermelho, do lado esquerdo, no trecho recém asfaltado da GO-437, saída para Gameleira de Goiás.
Nossa reportagem se deslocou até o local, comprovando a veracidade das informações, conforme pode ser visto nas fotos abaixo.Um galão que conseguimos pegar e do produto FOX ,da empresa Bayer.
A forma com que os galões estão no local da a entender que outras embalagens tenham sido jogadas no leito do rio, e as que estão nas imagens, ficaram retidas na vegetação.
Fato é, que o descarte desse tipo de produto e regulamentado por leis ambientais federais.
Em Silvânia, existe uma associação, a ARDA, que recebe os vasilhames vazios, que foram adquiridos em uma das lojas associadas e que receberam antes, uma tríplice lavagem por parte do usuário, em seguida a ARDA, envia os vasilhame para um posto de coleta em Vianópolis, onde posteriormente e dado um destino seguro para as embalagens.
Nada justifica jogar embalagens vazias de agrotóxicos, no meio ambiente, é crime ambiental grave passível de punição.
Caso presencie uma atitude criminosa como essa, denuncie às autoridades.

Local onde estão os galões.
Foto: Christiano Lobo.

Galão encontrava-se aberto.
Foto:Christiano Lobo.

Embalagem que nossa reportagem pegou como amostra.
Foto:Christiano Lobo.

Embalagens.Foto:Christiano Lobo.








Nenhum comentário:

Postar um comentário