OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

domingo, 22 de março de 2015

22 de março, Dia Mundial da Água.Momento de rever e de repensar atitudes, condutas, ideologias.Se cuidar, não vai faltar!

Água é sinônimo de vida!
Cuide agora para não faltar depois!
Atitudes precisam ser repensadas, um litro de óleo de cozinha, descartado de forma errada, pode contaminar 1 milhão de litros de água.
A torneira fechada ao se ensaboar no banho, ou ao escovar os dentes, faz a diferença.
Ações no sentido de preservar a nascente, bem como, todo o curso do Córrego Caidor, que abastece a cidade de Silvânia, necessitam ser tomadas, são algumas delas:
-Recomposição das matas ciliares e proibição de plantio de eucalipto e similares, que não façam parte do bioma cerrado;
-Proibição do plantio de lavouras, sobretudo das que fazem uso de defensivos agrícolas, nas proximidades das áreas que margeiam, e nas áreas de preservação do córrego;
-Desapropriação de áreas, e criação de um parque ambiental;
-Construção no trecho da Rodovia GO-010, e da via ferrea, que margeia o córrego e áreas de preservação ambiental, de barreiras de concreto e caixas coletoras de produtos tóxicos e nocivos, que em caso de acidentes no transporte, não venham a contaminar o lençol freático ou cursos dágua que abastecem o Caidor;
- Construção de um reservatório na captação da água, garantindo reservas antes mesmo da água ser captada.
É preciso preservar os cursos dágua, que se localizam no entorno da cidade e dentro dela, coibindo as invasões das APP's -Áreas de Preservação Permanente, e o lançamento de poluição nesses cursos dágua.

Poucos  silvanienses sabem ou se recordam que no ano de 2007, um Projeto de Lei de autoria do então vereador, Cleto Gonçalves, que colocava o "Rio Piracanjuba, como área de Preservação Ambiental Permanente, visando futura captação de água para o Município", foi colocado em votação na Câmara Municipal, onde uma emenda (emenda dos sete anos), a esse projeto, foi feita, ela dizia que a lei só passaria a vigorar após 7 anos, a contar de dezembro de 2007, findando em dezembro de 2014.
No final de dois mil e quatorze, o atual Prefeito José Faleiro, assinou decreto que revogou (derrubou), leis municipais como a da proibição de dragagem de areia, e pesca durante o período de piracema, que ia de novembro a fevereiro e nos finais de semana; lei da preservação do Rio Piracanjuba, com a emenda dos sete anos.
O decreto passa a permitir a dragagem, e a proibir a pesca, de novembro a fevereiro.
Na sessão da Câmara Municipal da última terça-feira, dia 17, o Vereador Valdir Lobo, apresentou um projeto de lei que visa derrubar o decreto do prefeito, o presidente vereador Jairo Gomes Machado, retirou o projeto da pauta de votação, e provavelmente será colocado em votação nesta terça-feira, 24/03/2015.
Fato é, que a atividade extrativista de areia em nossos rios, não e fiscalizada como mereceria ser.Informações repassadas a nossa reportagem por ribeirinhos do Piracanjuba e Rio dos Patos, dão conta de abusos como quedas de barrancos provocadas por jatos dágua, visualização de óleo diesel na água, entre outros são constantes, o rio vai sendo destruído aos poucos, agonizando, as vezes silenciosamente.
Atualmente já se fala, e estão em uso máquinas que reciclam entulhos e sobras de construções.Existem vertentes que defendem a obtenção da areia através da pedra moída, como produto de origem similar a brita.
Você concorda com o decreto do executivo?
Acha que ele deve ser derrubado?
Como você imagina que seus filhos, netos, enfim, as gerações futuras conhecerão os nossos rios e demais cursos dágua, se atitudes imediatas não forem tomadas?
Você aprova a extração de areia em nossos rios?
Você seria a favor da extração reduzida de areia para suprir a demanda apenas do município de Silvânia?
Água...




Nenhum comentário:

Postar um comentário