OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Moradores vizinhos a sede do Conselho Tutelar de Silvânia, denunciam existência de caixa dágua parcialmente aberta, ambiente favorável a reprodução do mosquito Aedes aegypti, naquele prédio destinado ao uso público.

Caixa dágua parcialmente aberta
na sede do Conselho Tutelar de
Silvânia.Ambiente altamente
favorável a reprodução do
Aedes aegypti.
Moradores vizinhos a sede do Conselho Tutelar de Silvânia, acionaram a nossa reportagem solicitando que fosse produzida uma matéria sobre as condições em que se encontra a caixa dágua daquele prédio destinado ao uso público.

A caixa dágua encontra-se, parcialmente aberta, propiciando a formação de foco do mosquito Aedes aegypti, vetor, transmissor de doenças graves como:
*Dengue;
*Febre Amarela;
*Zika Vírus;
*Chicungunha.
Um dos vizinhos nos informou que já havia solicitado providências a mais de doze dias, porém, nada foi feito.
O problema coloca em risco também a saúde de funcionários, e demais cidadãos.
Desta forma cobram providências por parte do poder público municipal, para resolução do problema.

Um comentário:

  1. As informações que chegaram até vc caro Cristiano foram por demais importantes mais não necessariamente corretas pois a caixa d'agua da qual esta se referindo ja havia sido tampada mais certamente o vento deve te-la retirado do lugar trabalho feito por dois agentes de endemias, acho muito válido que moradores nos esteja passando informações ,mais fica a pergunta considerado que o mosquito Aedes se tornou um problema a nivel mundial ,onde foi decretado situação de emergência pela Organização Mundial de Saúde onde está a responsabilidade e o dever de cidadania de cada um ?Hoje a luta contra o mosquito não é somente responsabidade do poder público e sim de tds as pessoas que não querem adoecer ou deixar que os outros adoeça ,então acho que ta mais do que na hr de arregaçarmos as mangas e deixar de esperar que o outro faça pela gente, estamos indo pro terceiro multirao de combate ao Aedes e são poucas as pessoas que abraçaram essa causa junto com a prefeitura e secretarias, fica o convite teremos mais uma ação no dia primeiro de março ,que venham todos pras ruas nos apoiar levando informações sobre os meios de não deixar que o mosquito prolifere para que situações como essa nao volte a se repetir.

    ResponderExcluir