OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cabo de alta tensão de energia elétrica se rompe no Bairro Maria de Lourdes, na noite desta terça-feira, 22/11/2016, risco de acidente foi eminente, Polícia Militar resguardou o local, porém, burocracia fez com que equipe da CELG, chegasse uma hora, após o serviço de atendimento ao cliente ter sido acionado.Assista ao vídeo.

Fogo e faíscas na extremidade
 do cabo rompido e energizado.
Clique na imagem para
ampliação e melhor
visualização.
Foto Christiano Lobo.
Nossa reportagem se deparou na noite desta terça-feira, 22/11/2016, com um cabo de alta tensão de energia elétrica rompido, em frente a uma residência localizada na confluência da Rua Francisco Herculano Lobo, com a Praça João Elísio Lobo,no Bairro Maria de Lourdes, em Silvânia, onde uma das extremidades do mesmo estava energizado soltando faíscas no chão molhado devido a chuva que caia, vindo a provocar a queima de uma lona e um pedaço de madeira, que estava no local por um longo período, veja vídeo abaixo:


 A
ruptura do cabo se deu devido a ação do vento durante a chuva, e os galhos de um abacateiro que não recebeu serviço de poda preventiva por parte da empresa fornecedora de energia elétrica é tocaram a rede de alta tensão.
Galhos de um abacateiro tocaram a rede de alta tensão devido a ventania, durante chuva.
Clique na imagem para ampliação e melhor visualização.
Foto: Christiano Lobo.
Duas equipes da Policia Militar haviam sido acionadas e resguardavam o perímetro para evitar que um acidente com moradores e transeuntes viesse a ocorrer, onde os mesmos nos informaram que quando chegaram no local ligaram para a Central de Atendimento da CELG, porém, a burocracia enfrentada, impossibilitou uma ação rápida e eficaz, uma vez que foi exigido número de unidade consumidora, informações que logicamente não era possível que as equipes tivessem, o endereço foi informado, mesmo assim, a equipe terceirizada foi acionada e chegou no local depois de uma hora, a partir da primeira ligação dos Políciais.
Equipe terceirizada da CELG, acionada depois de uma hora da primeira ligação dos Políciais.
Clique na imagem para ampliação e melhor visualização.
Foto: Christiano Lobo.
Causa indignação o fato de que se o consumidor atrasar um dia, o fornecimento de energia elétrica do imóvel é suspenso, porém, em situações como o fato em questão (emergência), uma grande burocracia e um longo tempo é enfrentado para que o problema seja resolvido.



2 comentários:

  1. Como que as pessoas esperam a vinda de indústrias,comercios ,desenvolvimento para Silvânia com um fornecedor horrível de eletricidade que temos em Silvânia.Que saudades de Felismino Viana!!!!!!!

    ResponderExcluir