OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Voltemos as ruas!Deputados Federais votam projeto contra a Operação Lavajato, blindando a Corrupção e punindo Juízes e Promotores, durante Sessão na calada da noite, na madrugada desta quarta-feira, 30/11/2016.

Se aproveitando de um momento de comoção nacional (tragédia que envolveu o time da Chapecoense), a Câmara dos Deputados, vota na calada da noite e longe dos olhos e ouvidos da sociedade, alterações polêmicas que além de comprometer a Operação Lavajato (que tem combatido de frente a corrupção), comprometem o futuro da nação, uma vez que dado o primeiro passo negativo na Câmara, o projeto (modificado) segue para o Senado Federal.
O projeto aprovado (alterando a redação original) na madrugada desta quarta-feira, 30/11/2016, tem por finalidade blindar os políticos corruptos e engessar as mãos de Juízes e Promotores, limitando sua atuação no enfrentamento dos desmandos e da corrupção.
Em vez de atender os pedidos dos cidadãos Brasileiros que foram as ruas clamar por PUNIÇÃO AOS CORRUPTOS, a Câmara Federal decidiu modificar o projeto rasgando o conteúdo original de dez medidas que visavam fortalecer os mecanismos de combate a maior mazela existente na história do Brasil, a CORRUPÇÃO.

Abaixo nomes dos Deputados Goianos que votaram contra a Lavajato, contra a Justiça e a favor da corrupção.
Não nós esqueçamos deles quando vierem pedir votos para sí ou para seus apadrinhados, nas próximas eleições.
São eles:


*Daniel Vilela;
*Flávia Morais;
*Giuseppe Vecci;
*Heuler Cruvinel;
*João Campos;
*Jovair Arantes;
*Lucas Vergílio;
*Magda Mofatto;
*Roberto Balestra.
Em breve, eles e seus apadrinhados, estarão batendo na sua porta para pedir o seu voto e assim, se perpetuarem no poder, comprometendo o exercício da Justiça e o combate a corrupção, desta forma, fazendo com que SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA PÚBLICA e PROTEÇÃO do MEIO AMBIENTE, tenham seus recursos desviados pelos ladrões de colarinho branco deste País, fazendo por exemplo entre tantos outros desmandos, com que o SUS, chame um paciente para consulta quatorze anos depois de sua morte.
Lembremos da luta popular travada na época da votação da PEC 37, quando a Sociedade Civil mobilizada conseguiu evitar que o Congresso Nacional, aprovasse uma medida que visava impedir o Ministério Público de realizar investigações no combate a corrupção.
VOLTEMOS PARA AS RUAS NO PRÓXIMO DIA 04/12/2016!

Por Christiano Lobo, com trechos retirados do texto de Norma Angélica Reis Cardoso Cavalcanti-Presidente do CONAMP-Associação Nacional dos Membros do Ministério Público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário