OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Operação Germanum deflagrada pela DENARC-Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos, nesta quinta-feira, 23/02/2017, apreende uma tonelada e meia de maconha em Goiânia.


Notícias UGOPOCI

24/02/2017 - Operação Germanum

A Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) deflagrou, no dia 23 de fevereiro, a Operação Germanum, destinada à desarticulação de uma associação criminosa dedicada ao tráfico internacional de maconha. Germanum, em latim, “irmãos”, refere-se à investigação levada a efeito em face dos irmãos Carlos Benevides e Alexandre Benevides, traficantes goianienses que, há pelo menos dois meses, eram investigados pela especializada.


Os trabalhos investigativos evidenciaram que os irmãos receberiam um grande carregamento de drogas que seria distribuído na capital e interior do Estado. Nas primeiras horas da manhã, no dia da prisão, Carlos, por determinação de Alexandre, se dirigiu a um posto de combustível na Vila Regina, para encontrar-se com Renique José.

Em seguida, a dupla, que era monitorada, se dirigiu ao Residencial Canadá, às margens do anel viário. Ao chegarem à uma residência, foram abordados pelos agentes de polícia. No interior do imóvel, havia duas camionetes roubadas, ambas com rádios comunicadores. Em uma delas, uma Toyota Hilux, estavam armazenados 1.500 kg de maconha.

Na casa, estavam também os investigados Edvaldo Cardoso e Murilo Souza, que seriam os responsáveis pela guarda da droga. Além do carregamento de maconha, foram apreendidos módulos usados para furto de veículos com chave codificada. A carga teria saído de Coronel Sapucaia/MS, fronteira com o Paraguai. Após as apreensões e prisão dos quatro envolvidos, Alexandre também foi localizado e preso em sua residência, no Setor Paineiras, em Goianira.

Fonte: PC de Goiás

Fonte para informações do Blog Olhar Cidadão Silvaniense:Reprodução/UGOPOCI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário