OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

domingo, 26 de março de 2017

Bombeiros resgatam cadela que ficou presa em vão entre duas casas.

Equipe precisou quebrar parede de imóvel para retirá-la, em Caldas Novas. Segundo a corporação, bicho ficou cerca de 10 horas preso no local.
26/03/2017 18h35 - Atualizado em 26/03/2017 19h06
Por Paula Resende
Do G1 GO
Cadela é resgatada após ficar presa no vão entre duas casas em Caldas Novas, Goiás (Foto: Reprodução/ Agência Press)Cadela é resgatada após ficar presa no vão entre duas casas (Foto: Reprodução/ Agência Press)
O Corpo de Bombeiros resgatou neste domingo (26) uma cadela filhote que ficou presa no vão entre duas casas no Jardim Paraíso II, em Caldas Novas, no sul de Goiás. Segundo a corporação, o animal ficou cerca de 10 horas preso no local, que tem 20 centímetros de largura. A cadela passa bem.

Ao G1, o sargento do Corpo de Bombeiros Valdinei Augusto de Morais contou que, desde a noite de sábado (25), os donos sentiram falta do animal de estimação, mas não o encontraram. Nesta manhã, eles ouviram o choro da cadela, que não tem raça definida, e acionaram a corporação.
“Ela estava a cerca de um três metros de distância da rua. Ficou entalada e não conseguia sair”, relatou.
Como a cadela estava longe do início do vão e ele era estreito, a saída para resgatá-la foi quebrar parte da parede da casa dos donos do animal. De acordo com os bombeiros, a cadela passa bem, pois sofreu apenas arranhões superficiais porque tentou sair do vão.
Cadela fica presa no vão entre duas casas em Caldas Novas, Goiás (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)Cadela fica presa entre as paredes de duas casas, em Caldas Novas (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Bombeiros quebram parede para resgatar cadela em Caldas Novas, Goiás (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)Bombeiros quebram parede para resgatar cadela em Caldas Novas (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Fonte:Reprodução/G1goias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário