OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

sábado, 17 de março de 2018

Duas pessoas são presas com carga de agrotóxicos avaliada em R$ 1 mi, em Cabeceiras.

Dupla foi encaminhada para o Ciops de Formosa (Foto: PM)
Defensivos agrícolas estavam escondidos na chácara de um dos envolvidos; maconha e munições também foram apreendidas

Duas pessoas foram detidas na noite desta sexta-feira (16) com agrotóxicos supostamente roubados que eram revendidos na zona rural de Cabeceiras, Formosa e no estado de Minas Gerais. Os produtos foram localizados em uma chácara que fica às margens da GO-346 e estão avaliados em mais de R$ 1 mi.



Segundo a Polícia Militar (PM), agentes do Comando de Operação da Divisas (COD) receberam denúncias de pessoas que desconfiavam da origem dos produtos. Na própria rodovia, os policias abordaram Andrei Pereira Leal, de 29 anos, que estava em um Mitsubishi L200 Triton.
Em entrevista aos militares, Andrei confessou o local onde estavam os agrotóxicos. Na chácara, os agentes encontraram em três lugares diferentes várias caixas com os defensivos de diversas marcas. No total, os policias apreenderam 205 galões de cinco litros, que estão avaliados em R$ 1,2 mi.
Carga está avaliada em R$ 1,2 mi
(Foto: PM)
Além dos agrotóxicos, os agentes encontraram maconha, uma balança de precisão, quatro munições calibre .40 e um cheque no valor de R$ 4,7 mil. Aos agentes, ele alegou que adquiriu a carga de terceiros e que desconhece a origem.

Na chácara também foi localizado um segundo indivíduo, que não teve a identificação revelada, que é suspeito de envolvimento na receptação e venda dos defensivos.
Todos os produtos apreendidos e os envolvidos foram encaminhados ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Formosa.
Fonte:Reprodução/Mais Goiás.

Um comentário: