OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

SOBE A TENSÃO NA CADEIA DE ANÁPOLIS APÓS A ESTRANHA FUGA DE TRAFICANTES PERIGOSOS.

Suspeita de que tudo foi facilitado já causou importante afastamento.Morte recente só o aumenta medo na unidade

Enquanto a Polícia Militar mantém nas ruas a diligência que tenta recapturar dois perigosos traficantes de drogas que fugiram do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis, na madrugada de segunda-feira (07), os agentes e vigilantes penitenciários são cobrados por superiores a explicar como a fuga ocorreu e porque ela só foi percebida 12 horas depois.

Ariel Pedroso da Silva, de 24 anos, e Emerson Cardoso de Alcântara, de 27 anos, dividiam com outros detentos a apertada cela 01 do pavilhão A.

A Polícia Civil já sabe que eles cerraram a grade de contenção por volta das 01 hora da madrugada para pular o telhado do pavilhão C e sair sorrateiramente pela guarita G da unidade.

Uma grande tensão instalou-se entre os servidores da carceragem quando a ausência de Ariel e Emerson foi notada na contagem de presos.

Em vão, uma varredura em todo o prédio foi feita antes do pedido de reforço ao 28º Batalhão da Polícia Militar.

A suspeita de que a fuga da dupla teria sido facilitada por algum agente prisional ocasionou no imediato afastamento do chefe de segurança e na protocolar instauração de processo administrativo para investigar o caso internamente.

No último dia 30 de dezembro, misteriosamente, um detendo foi encontrado morto na unidade. Referência que joga ainda mais medo e reforça o silêncio dos outros presos e servidores da cadeia.

Fonte:Portal 6
Reprodução:Anápolis Notícias Urgentes.
PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS QUALQUER MOMENTO.


BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário