OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Trio que se intitulava "índios" vendendo raízes na Praça Celso Silva (Praça da Rodoviária) em Silvânia, são presos pela Polícia Militar de Vianópolis, com apoio da Polícia Civil de Vianópolis e Polícia Civil de Silvânia, na tarde desta terça-feira, 26/02/2019, após tentar aplicar golpe de R$ 20 mil, em idosa.


Dois homens e uma mulher (avó, filho e neto) que se intitulavam "índios do Rio Grande do Sul", que estavam "vendendo raízes", nesta segunda-feira, 25, e terça-feira, 26/02/2019, na Praça Celso Silva (Praça da Rodoviária), próximo a antiga sede da CIRETRAN, em Silvânia, foram presos por Policiais Militares de Vianópolis em uma ação que contou com o apoio de Policiais Civis de Vianópolis, comandados pelo Delegado Dr. Vinícius da Costa Júnior e Policiais Civis de Silvânia, comandados pelo Delegado Dr. Leonardo Barbosa Sanches, na tarde desta terça-feira.

Por volta das 10h 45min, uma idosa M.V.C de 73 anos, natural de Luziânia-GO, depois de comprar remédios para a coluna e para emagrecimento no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais), foi envolvida pelo trio, ao ser informada que uma pessoa de sua família havia feito uma espécie de trabalho/magia, para acabar com sua vida, e que a mesma estava muito carregada e que necessitava de um trabalho para retirar o carrego muito forte, o qual ela se encontrava.

Para que o "trabalho" tivesse êxito, a idosa deveria pagar ao trio, a soma de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais), momento em que a vítima informou que não tinha esse valor, tendo somente R$ 20.000 (vinte mil reais).

Envolvida pela lábia dos golpistas a idosa informou que o valor de R$ 14.000,00 (quatorze mil reais) poderia ser sacado na agência do Bradesco, de Silvânia.

Em um veículo FORD/ECOSPORT, a mulher  e seu filho, conduziram a idosa até a agência do Bradesco de Silvânia, e ao tentarem efetuar a movimentação bancária, o gerente da agência, desconfiou da atitude, não autorizando a transação.

Com isso, mulher e filho conduziram a idosa até a cidade de Vianópolis, onde lograram êxito em realizar a transação no valor de R$ 14.000,00 (quatorze mil reais), na agência do Bradesco daquela cidade, transferindo para a conta de uma pessoa por nome de Isac Mathias, para uma agência da Caixa Econômica Federal.

Em seguida, os golpistas e a vítima se dirigiram até a agência da Caixa Econômica Federal de Vianópolis, com o objetivo de realizar a transferência de mais R$ 6.000,00 (seis mil reais) totalizando assim, o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) combinado com a vítima.

Ao tentarem concluir o golpe na CEF, o gerente também desconfiou, não autorizando a transação, momento em que a Polícia Militar foi acionada e realizou a prisão de mulher e filho.

Conduzidos a Delegacia de Polícia Civil de Vianópolis, autores e vítima foram apresentados ao Delegado Dr. Vinícius da Costa Júnior.Após ouvir a vítima, durante interrogatório, os autores informaram que um terceiro individuo estava na Praça Celso Silva (Praça da Rodoviária), em Silvânia, vendendo raízes.

O Delegado de Vianópolis, contactou o Delegado Dr. Leonardo Barbosa Sanches, de Silvânia, que empenhou uma equipe de Policiais Civis logrando êxito em efetuar a prisão do indivíduo, neto da autora e filho do autor presos em Vianópolis.

A transação de R$ 14.000,00 (quatorze mil reais), teria sido cancelada com êxito através da ação da Polícia Civil de Vianópolis junto a gerência do Bradesco daquela cidade.

Foram presos:
*Rodrigo Luciano Mathias Motta, 30 anos, natural de Guaíra-Paraná;

*Altair Galvão Motta, 49 anos natural de Rolândia-Paraná

*Salete Galvão, 62 anos, natural de Passo Fundo, Rio Grande do Sul;

Filho, pai e avó respectivamente.

Os três, foram autuados pelo Delegado de Vianópolis, em flagrante delito com base no Artigo 171, § 4° (Aplica-se a pena em dobro se o crime for cometido contra idoso. [Incluído pela Lei nº 13.228, de 2015]) pelo crime de estelionato e  Artigo 288, associação criminosa, ambos do Código Penal Brasileiro.

Na sequência, os três foram conduzidos para a Unidade Prisional de Silvânia, onde encontram-se, recolhidos e a disposição das autoridades judiciárias.

Curta e siga a página do Blog Olhar Cidadão Silvaniense, no Facebook,
e também fique atualizado com as lives (vídeos ao vivo) que poderão ser produzidos e visualizados a qualquer momento.

PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois, vão reproduzir por aí, sem citar a fonte das informações.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.


BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

NOSSAS PUBLICAÇÕES VEM SENDO REPRODUZIDAS SEM QUE SE TENHA O CARÁTER E O PROFISSIONALISMO DE CITAR A FONTE:
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE.

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário