OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

"Pela primeira vez nesses cinco anos eu chorei por alguém aqui", diz policial.

Cidades

Polícia está chocada com latrocínio de estudante no Marista
Reprodução/ TV Anhanguera
Local onde aconteceu o assassinato de Nathália Araújo Zucatelli
Os policiais que acompanham o caso da estudante Nathália Araújo Zucatelli, 18 anos, assassinada na saída do Colégio Protágoras,na noite dessa segunda-feira (22), no Setor Marista, estão chocados com a violência da ação.

Em grupos de whatsapp de policiais, a comoção é grande entre o auxiliar de autópsia que foi buscar o corpo, peritos, agentes, escrivães e tantos outros. Pessoas que lidam com essa situação todos os dias estão perplexas. "A primeira vez que me emociono no IML foi buscando essa menina, olhando os pertences dela e vendo o sonho dela indo embora", diz um dos integrantes do grupo.
A situação de ver uma jovem assassinada na porta da escola, segurando livros e fichário também fez uma outra pessoa desabafar."Tudo isso me doeu tanto o coração e pela primeira vez nesses cinco anos eu chorei por alguém aqui".
A Polícia Civil (PC), informou que já estão sendo tomadas as providências iniciais referentes à investigação do latrocínio que vitimou a estudante Nathália Zucatelli. Os investigadores entendem que neste momento não é prudente a divulgação de outros detalhes acerca do fato.
"A PC ressalta que está empenhada em esclarecer as circunstâncias do crime e determinar sua autoria. No momento oportuno serão fornecidas mais informações" disse a polícia em nota.
Reprodução/Facebook
Fonte:Reprodução/O Popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário