OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

domingo, 11 de novembro de 2018

Mulher Silvaniense, a exemplo de outras mulheres em Goiás e no Distrito Federal, teria sido vítima de golpista que conheceu em site de relacionamento.

Conforme publicação do site G1 Goiás, neste sábado, 10/11/2018, várias mulheres em Goiás e no Distrito Federal, entre elas uma Silvaniense, teriam sido vítimas de um golpista que conheceram em um site de relacionamentos.

Uma das vítimas relata que perdeu R$ 100 mil, após comprar carro e fazer empréstimos para o estelionatário que se apresentava como advogado de multinacional e descendente de italianos.

A Polícia Civil investiga o caso, e se ele (o estelionatário), tem ajuda de outras pessoas.

Outra vítima diz que conheceu o homem pela internet e que após 15 dias de namoro ele pediu para que ela trocasse alguns cheques para ele em Valparaíso de Goiás.

Em outro relato, outra vítima informou que “Ele pediu também para o meu pai fazer um empréstimo no valor de R$ 10 mil e pegou um valor de R$ 2,5 mil com meu irmão, não sendo repassado nada para a minha família. Ele deixou um prejuízo pra mim e para minha família o valor de R$ 22 mil”, disse a mulher que não quis se identificar.

Outra mulher contou que o prejuízo foi ainda maior: R$ 100 mil. Ela mora em Águas Lindas de Goiás. “Foi um carro, foi R$ 11 mil de empréstimo, mais R$ 12 mil”, relatou, também ser ter o nome divulgado.

Em uma rede social, outra vítima faz alertas, dizendo que ele aplica os golpes em mulheres de Goiás e do Distrito Federal após conhece-las em sites de relacionamento.

De acordo com a Polícia Civil, além das vítimas que moram no Entorno do Distrito Federal, outra mulher, em Silvânia, também registrou queixa contra o mesmo homem. As investigações apontam que ele pratica os golpes com a ajuda de outras pessoas.
“Ele fala para depositar para a filha dele, para a ex-mulher dele, que precisa dar esse dinheiro para elas e elas vão recebendo nas contas e ele não fica com esse registro nas contas bancárias dele”, disse a delegada Isis Leal.

Outras mulheres podem ter sido vítimas do homem. “É muito importante que as mulheres fiquem atentas a esses relacionamentos, principalmente em internet, porque a gente não conhece quem são essas pessoas”, completou a delegada.

Com reprodução de informações de G1 Goiás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário