OBTENHA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O QUE OS MELHORES COMÉRCIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SILVÂNIA E REGIÃO, TEM PARA LHE OFERECER, CLICANDO SOBRE OS ESPAÇOS DE PUBLICIDADE ABAIXO:

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Caçadores presos neste domingo, 23/12/2018, após serem flagrados atirando próximo a propriedade rural no município de Gameleira de Goiás, com eles foi apreendido um animal silvestre ainda vivo, arma ilegal, entre outros objetos utilizados para prática do crime.

Policiais Militares lotados no 3° Pelotão de Gameleira de Goiás, subordinado a 47ª CIPM, de Silvânia, na viatura 8937, em equipe composta pelo Sargento Brito e Soldado André, com apoio da viatura TÁTICO da 47ª CIPM, em equipe composta pelo Soldado Inácio, Soldado Petri e Soldado Vinicius, foram acionados às 10h 51min, deste domingo, 23/12/2018, por um proprietário rural informando que ocupantes de dois veículos um VW/FOX, cor prata e um GM/ASTRA, cor azul, estavam efetuando disparos de arma de fogo próximo a sua fazenda.

Ao chegarem no local, as equipes visualizaram os veículos e dois cães utilizados na caça.Foi iniciada uma breve varredura nas imediações sendo localizado um homem de camisa vermelha portando uma arma, as equipes solicitaram que o mesmo deslocasse em sua direção, momento que o mesmo empreendeu fuga para o interior da mata, abandonando a arma em meio a vegetação, momento em que as equipes se dirigiram para o local onde ele estava, localizando apenas a arma uma espingarda calibre 12.

Em seguida, visualizaram mais dois indivíduos, sendo que um deles se entregou rapidamente sendo aprendido com ele, um rádio HT, o outro se evadiu, momento em que foi feito contato com os outros dois para que voltassem, para que se apresentassem de forma espontânea, porém, os mesmos não retornaram diante disso, o Sargento Brito, Soldado Petri e Soldado Vinicius, adentraram a mata, juntamente com o autor Rogério, para que localizassem os outros dois que haviam se evadido, sendo um encontrado logo em seguida, este relatou que um outro provavelmente teria ido ate a sede da fazenda de um amigo.

Diante disso, uma das equipes retornou as viaturas, momento em que realizaram buscas nos veículos, sendo encontrado várias facas e facões, uma corneta, e em uma carretinha um animal silvestre tatu com vida, sendo prontamente libertado e solto no seu habitat natural.

Na sequência, os Policiais se deslocaram até a sede da fazenda, onde encontraram um senhor que afirmou ser o proprietário da arma e relatou ter empreendido fuga por estar atemorizado.

Diante dos fatos, a equipe do TÁTICO conduziu:
*Alberico Rodrigues do Couto, 60 anos;
*Rogério Amaro Carrijo Roza, 50 anos;
qualificados como autores, um abordado, o comunicante, testemunhas, a arma e demais objetos apreendidos para a Central de Flagrantes em Anápolis, onde foram apresentados a autoridade policial.

Vale lembrar que a caça de animais silvestres é proibida constituindo crime ambiental.A caça de animais exóticos como o javali e o javaporco é permitida apenas para aqueles que estiverem devidamente documentados e que possuam o CR-Certificado de Registro de Caçador, seguindo o que preconiza a legislação, confira detalhes acessando o link:
http://www.olharcidadaosilvaniense.com.br/2018/08/com-um-numero-consideravel-de.html
PRIMEIRO, VOCÊ VÊ AQUI!
Depois, vão reproduzir por aí, sem citar a fonte das informações.

PUBLICAÇÕES PODERÃO SER ATUALIZADAS A QUALQUER MOMENTO.

BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE, REFERÊNCIA EM INFORMAÇÃO, INDISCUTIVELMENTE, VOCÊ BEM INFORMADO!

REPRODUÇÕES SÃO AUTORIZADAS DESDE QUE A FONTE DAS INFORMAÇÕES SEJA DIVULGADA.

NOSSAS PUBLICAÇÕES VEM SENDO REPRODUZIDAS SEM QUE SE TENHA O CARÁTER E O PROFISSIONALISMO DE CITAR A FONTE:
BLOG OLHAR CIDADÃO SILVANIENSE.

COMENTÁRIOS QUE NÃO TENHAM O MÍNIMO DE RESPEITO, SERÃO DELETADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário